POR:

Redação

360on

COMPARTILHE

Jornalismo Investigativo

A jornalista Sirlei Benetti compartilha sua experiência com acadêmicos da Univel

3 de junho de 2019

COMPARTILHE

POR:

Redação

360on

“Jornalismo é persistência, inteligência, faro, busca pelo novo, e adrenalina” (Sirlei Benetti)

SONHO DE MUITOS JORNALISTAS, mas que traz medo também. O jornalismo investigativo vai além do jornalismo feito no dia-a-dia e pode fazer uma diferença muito grande na vida do jornalista e de todos os envolvidos. Os alunos de jornalismo da Univel receberam a gerente de jornalismo da TV Tarobá, a jornalista Sirlei Benetti, que falou sobre toda a produção por trás de uma grande reportagem.

 

Para exemplificar os ensinamentos, Sirlei apresentou matérias que ela fez quando era repórter e apresentadora. Em uma delas, a repórter denunciou que no município de Dois Vizinhos eram cobradas as consultas e exames feitos pelo SUS. A partir da denúncia, foi aberta, na Câmara Legislativa do Paraná, uma CPI para investigar todos os municípios do Estado em relação às consultas e exames gratuitos. Isso mostra como uma reportagem pode ter um grande impacto social.

 

Sirlei ainda disse que quem faz jornalismo investigativo está sujeito a receber ameaças. Ela mesma já foi ameaçada. “Mas a noite, coloco a cabeça no travesseiro e durmo tranquila, porque sei que fiz a coisa certa”.

 

Para ela, o jornalismo investigativo nunca vai acabar. E ainda inspirou os acadêmicos: “Jornalismo é persistência, inteligência, faro, busca pelo novo, e adrenalina”.

 

Confira algumas fotos do encontro feitas pelo acadêmico Daniel Marcondes.

E AÍ, GOSTOU DO CONTEÚDO
OU TEM ALGUMA SUGESTÃO?

Entre em contato: [email protected]