COMPARTILHE

Fotografia analógica dentro do ambiente digital

Alunos do 3º semestre de Fotografia aprendem na prática como é fotografar, revelar e digitalizar fotos analógicas

2 de fevereiro de 2021

COMPARTILHE

Os acadêmicos de Fotografia da Univel participaram de uma prática pedagógica especial nesta última semana de janeiro. Com a orientação de professores e técnicos, eles puderam experimentar a fotografia analógica. Além disso, executaram os processos de revelação, ampliação e digitalização de filmes fotográficos, conhecidos por “negativos”.

 

A atividade, organizada pelo pelo professor Anderson Costa, teve por objetivo mostrar as diferentes possibilidades que as fotografias analógicas podem oferecer dentro do mercado da fotografia digital. “É muito importante para os profissionais das áreas de comunicação, como fotografia, publicidade e design, entenderem os suportes tecnológicos que estão à disposição”, explica Anderson. “Especialmente como mídias consideradas antigas podem ser redescobertas hoje. Todos esses processos estão a serviço da expressão”, completa.

O professor Nereu Santos orientou o processo de digitalização dos negativos, e os técnicos Leonardo Souza e Clerison Dona deram suporte técnico.

 

Entre todas as descobertas que os acadêmicos puderam experimentar durante a semana de práticas analógicas, as mais citadas dizem respeito ao processo de revelação em si. “Creio que foi de suma importância ter essa experiência tanto para aprender a lidar com os químicos e técnicas, quanto para vivenciar um pouco das origens da nossa profissão“, afirma o acadêmico de Fotografia na Univel, Paulo Henrique de Lara.

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES REALIZADAS

Segunda-feira (25/01) – Divisão da turma em equipes e entrega das câmeras analógicas e filmes preto-e-branco

Quarta-feira (27/01) – Revelação dos negativos fotográficos

Quinta-feira (28/01) – Digitalização e tratamento com software específico de edição de fotos

Sexta-feira (29/01) – Ampliação dos positivos

Mesmo que essas técnicas não sejam tão utilizadas atualmente, é muito importante conhecer as diferenças entre elas, para que cada profissional ou mesmo pessoas leigas, possam escolher qual modalidade mais lhe agrada, seja ela analógica ou digital e os alunos de fotografia gostaram muito de aprender um pouco mais sobre o assunto. “Eu quero aprender como fazer isso, para conhecimento da fotografia, isso que eu acho importante. Precisamos de conhecimento para o novo, ter paciência, calma e atenção”, ressalta a aluna Aline Pierozam.

 

O corpo docente do curso de Fotografia acredita na importância de ofertar todas as ferramentas necessárias, para que os acadêmicos saiam da graduação preparados para as diferentes áreas de atuação e as atividades práticas são primordiais para uma formação adequada. “Faz toda a diferença entender mais que apenas a teoria”, reforça a acadêmica Thauana Aguilar Pereira.

Impressões dos alunos sobre a prática de fotografia analógica

• “Foi muito legal e interessante. Eu só conhecia um pouco sobre fotografia analógica”.
Aline Pierozam


• “A experiência foi muito bacana. Me surpreendi e gostaria de poder fazer novamente. Todo o conteúdo foi sensacional e muito bem ensinado. Assim como eu, acho que todos adquirimos muito conhecimento”.
Karina Geovana Rosa


• “Foi de extrema importância, eu sempre tive vontade de aprender sobre fotografia analógica, então foi incrível e mais do que superou minhas expectativas. E eu sempre quis ter uma câmera analógica, então isso tudo vai somar muito no meu aprendizado e na minha jornada”.
Vitória Delai


• “Eu achei a experiência simplesmente incrível e totalmente nostálgica. Eu, assim como muitas pessoas, só peguei bem o fim da fotografia analógica, então, estar ali observando e praticando foi muito bom”.
Paulo Henrique de Lara


• “Eu gostei muito da prática que tivemos, foi superprodutiva e acho que o Anderson tornou ela bem emocionante. Dentro do curso de fotografia eu acho a prática primordial, entender como surgiu, como eram feitas as revelações com a mão na massa, mesmo que não iremos continuar produzindo em nossa carreira”.
Thauana Aguilar Pereira

E AÍ, GOSTOU DO CONTEÚDO
OU TEM ALGUMA SUGESTÃO?

Entre em contato: [email protected]